Biografia

Um primeiro álbum, Deep Breath, auto-produzido e apoiado pela Sacem (Sociedade de compositores e autores de musica francesa), que liberta-se de todas as fronteiras e rótulos ; numerosos concertos e aberturas de shows de artistas famosos como : Imany, Flavia Coelho, Calypso Rose, as Amazones d’Afrique, Yuna, Awa Ly e Charles Pasi. 

A trajetória da jovem cantora franco-brasileira Miu Queiroz confirma, que no palco, ela está em seu lugar.

Uma artista a descobrir nos palcos e no seu primeiro álbum!

• • • • • •

Filha de brasileiros teve toda a sua infância embalada pelo jazz, samba, e a soul music. Através do seu pai, o músico Carlinhos Queiroz, ela enriquece a sua cultura musical ouvindo grandes artistas como Milton Nascimento, Gilberto Gil, Carlos Santana, Herbie Hancock… As suas primeiras músicas (melodia e letra), foram compostas aos 9 anos de idade. Porém, somente alguns anos depois tomou a decisão de “soltar a voz”. 

Contando com o acaso, aos 21 anos morando em outro país, um lugar inesperado – num curso de ballet dirigido por uma brasileira na cidade escocesa chamada Dunbar – que ela ouviu pela primeira vez a música “Tarde em Itapuã”, composição de Vinícius de Moraes e Toquinho, apaixonando-se imediatamente por esta música.

Alguns meses depois, no dia nacional da festa da música (Fête de la musique), seu pai, Carlinhos Queiroz, a convidou a subir pela primeira vez num palco. Este empurrãozinho permitiu que pela primeira vez interpretasse à música “Tarde em Itapuã”, ao vivo. Esta experiência foi um divisor de águas em sua carreira artística.

E finalmente, em 2015 seu projeto musical se transforma em realidade. Neste ano à cidade de Pau (sudoeste da França), lança um programa com objetivo de apoiar os novos talentos da cidade, escolheu Miu Queiroz para fazer a abertura no dia da festa da música de 2015, antecedendo a cantora brasileira Flavia Coelho. Esta foi uma excelente oportunidade para realizar seu show cujo repertório foi baseado em suas composições.

No começo do ano de 2016, ela se dedica totalmente à música. Ela multiplica as aberturas de shows de artistas famosos (Imany, Calypso Rose, Flavia Coelho, Charles Pasi, Awa Ly, as Amazonas da África, entre outros) alem de concertos no sul da frança e em Paris, convidando o público à ouvir sua voz, suas melodias e os ritmos brasileiros, contagiando a todos que apreciam uma boa música.

No final de 2016, os 10 membros/sócios da comissão julgadora  da SACEM (Sociedade de compositores e autores de musica francesa) composto de autores, compositores e divulgadores de música, decidiram apoiar a realização do seu primeiro álbum, auto-produzido, por unanimidade.

Para este primeiro disco, Miu se cercou de músicos talentosos (saxofonista, pianista, gaitista, entre outros). Intitulado ” Deep breath » o titulo do CD que foi lançado no dia 13 de abril de 2017, se traduz por ” uma respiração profunda “. Sentimento de « uma brisa fresca » que ela espera oferecer aos ouvintes quando eles escutam as suas  músicas. Para ouvir é aqui